6 Comentários

Irmão Rubens e os frutos da heresia sem-igrejista

Os Inquisidores reuniram-se nesta noite de sábado, 12, para refutar as absurdidades proferidas pelo “irmão” Rubens, um dos mais badalados e “perseguidos” hereges sem-igrejistas* da atualidade. Obviamente, o orgulho conduz o herege rebelde a se afastar cada vez mais da sã doutrina e da Verdade do Evangelho, pois, para cada falso no qual vê suas maluquices caírem, maior e mais frágil é a muleta de mentiras e delírios à qual ele deverá apelar.

"Irmão" Rubens, o sem-igrejista, ao lado de sua "assistente", Amadinha.

“Irmão” Rubens, o sem-igrejista, ao lado de sua “assistente”, Amadinha.

Sem-igrejismo: termo cunhado por este que vos fala, também conhecido na cena herética protestante como movimento de “igrejas” Celulares ou Nucleares (pois são montadas em pequenas células ou núcleos de casas). É um movimento de pessoas que, após rejeitarem a Igreja de Cristo, caem fora até de suas seitas protestantes, redundando em cada vez mais grave orgulho e pretendendo meditar, em grupos restritos, sobre suas teses heréticas (como um eufemismo, claro).

Assista ao vídeo e confira:

Anúncios

Sobre Júlio [Ebrael]

Brazilian blogger. Amateur writer, poet and avid reader. Conservative, Catholic and Anti-Zionist. // Blogueiro brasileiro. Escritor amador, poeta e leitor ávido. Conservador, católico e antissionista. //

6 comentários em “Irmão Rubens e os frutos da heresia sem-igrejista

  1. Só de pensar que eu já caí nesta conversa.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Foi Constantino quem fundou a Igreja Católica Apostólica Romana? Mesmo? Onde está mencionado no Edito de Milão (abaixo), alguém se dispõe? Caso não consiga encontrar neste edito, alguém poderia indicar outro que venha mencionar?

    Édito de Milão, março de 313.

    “Nós, Constantino e Licínio, Imperadores, encontrando-nos em Milão para conferenciar a respeito do bem e da segurança do império, decidimos que, entre tantas coisas benéficas à comunidade, o culto divino deve ser a nossa primeira e principal preocupação. Pareceu-nos justo que todos, os cristãos inclusive, gozem da liberdade de seguir o culto e a religião de sua preferência. Assim Deus que mora no céu ser-nos-á propício a nós e a todos nossos súditos. Decretamos, portanto, que não, obstante a existência de anteriores instruções relativas aos cristãos, os que optarem pela religião de Cristo sejam autorizados a abraçá-las sem estorvo ou empecilho, e que ninguém absolutamente os impeça ou moleste… . Observai outrossim, que também todos os demais terão garantia a livre e irrestrita prática de suas respectivas religiões, pois está de acordo com a estrutura estatal e com a paz vigente que asseguremos a cada cidadão a liberdade de culto segundo sua consciência e eleição; não pretendemos negar a consideração que merecem as religiões e seus adeptos. Outrossim, com referência aos cristãos, ampliando normas estabelecidas já sobre os lugares de seus cultos, é-nos grato ordenar, pela presente, que todos que compraram esses locais os restituam aos cristãos sem qualquer pretensão a pagamento… [as igrejas recebidas como donativo e os demais que antigamente pertenciam aos cristãos deviam ser devolvidos. Os proprietários, porém, podiam requerer compensação.]
    Use-se da máxima diligência no cumprimento das ordenanças a favor dos cristãos e obedeça-se a esta lei com presteza, para se possibilitar a realização de nosso propósito de instaurar a tranquilidade pública. Assim continue o favor divino, já experimentado em empreendimentos momentosíssimos, outorgando-nos o sucesso, garantia do bem comum.”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: